SUBMISSÕES-CHAMADA DE TRABALHOS & EIXOS TEMÁTICOS

INSTRUÇÕES PARA AUTORES

A — SUBMISSÕES CIENTÍFICAS 

1 -— Os resumos devem ter aproximadamente 450 palavras; ser escritos em língua portuguesa, espanhola ou inglesa; conter em cima, por ordem de preferência, dois eixos temáticos; no final, 4 a 6 palavras-chave. Devem estar estruturados com:

— Identificação (com os seguintes dados: nome, instituição, profissão /estudante, email)

Introdução (aprox. 120 palavras),

Métodos (aprox. 80 palavras),

Análise/Discussão (aprox. 150 palavras),

Conclusões (aprox. 100 palavras).

2 -— Os resumos devem ser enviados em arquivo word (descarregue template aqui), texto sem imagem, para o email oficial do seminário: semi.risco.resil.arq.hum.favelas@gmail.com. O envio de artigos completos (recordamos que é opcional) deverá ser feito após do Seminário, até 10 de janeiro 2020. 

3 -— O objetivo será reunir entre 10 a 12 submissões em cada eixo temático, para um número máximo 84 submissões.

As submissões serão selecionadas pela qualidade e adequação ao tema do seminário.

B — SUBMISSÕES NÃO-CIENTÍFICAS, artísticas (literárias, fotográficas, performativas) e culturais (narrativas, testemunhos orais): enviar resumo de 300 palavras com nome, instituição de afiliação, email dos autores, titulo, com 5 palavras chave +suporte imagem (5 imagens) ou video (máximo 1m)+perfil biográfico (mini CV) de 200 palavras com referência a experiências anteriores e dois nomes (com nome da instituição e respectivo emails) 

Nota: Todos os custos de apresentação decorrem por conta dos  participantes que vierem ser seleccionados. A organização apenas garante espaços de apresentação equipados com um projector de video não se responsabilizando por outras condições logísticas ou técnicas e respectivos custos que, se existirem, serão da responsabilidade do participante.

DATA LIMITE DE ENVIO DE RESUMOS:  17 OUTUBRO 2019 (nova data!)
EIXOS TEMÂTICOS​

01

02

Melhoria habitacional e do espaço público, com ênfase no papel de mulheres da comunidade 

Processos de emancipação feminina e envolvimento comunitário na urbanização de favela e auto-construção;  Incremental housing ( 'construção de laje' ) e alargamento de becos e vielas como estratégia de redução de risco de desastre, saúde, bem estar e segurança pública via programas públicos, iniciativas comunitárias ou particulares.

Direito(s) na cidade e espaços de diversidade

O papel e demandas de minorias (afro-brasileiros, indígenas, quilombolas, imigrantes, refugiados, ciganos/Roma e LGBT+) na configuração de áreas precárias e de favelas.

03

Insurgências urbanas associadas ao aumento da vulnerabilidades, à exposição ao risco e à produção de cidade

Processos de invasão de áreas livres (baldios urbanos) e ocupação de edifícios degradados; transformações arquitetônicas e expressões artísticas da resiliência e do ativismo pelo  direito à cidade.

04

Arquitetura de favela e suas dimensões

Dimensões etárias, sociais, culturais, artísticas, espirituais, de mobilidade, de participação comunitária, de violência (em particular sobre mulheres), de bem-estar e qualidade de vida.

05

O papel de arquitetas/os e equipes mistas de ONGs nas favelas

Assistência Técnica à Habitação de Interesse Social; formalidade X informalidade; relação saúde e bem-estar da família-ambiente construído.

06

Geografias da saúde, do risco e o uso de novas tecnologias

saneamento, água potável,  gesto de resíduos, censo social, mapeamento colaborativo, sistemas de informação e aplicativos para celular na urbanização de favelas, na reformas&ampliações de casas e segurança pessoal dos moradores.

07

O papel da Universidade na construção de uma cidade mais igualitária

emponderamento, capacitação e circulação de conhecimentos; alianças e ações colaborativas entre grupos de pesquisa, movimentos sociais urbanos e associações de moradores

DATAS IMPORTANTES

ENTIDADES ORGANIZADORAS

ENTIDADES PARCEIRAS

1º SEMINÁRIO CIENTÍFICO LATINO-AMERICANO em questões de Risco, Arquitetura Humanitária e Gênero
Risco, resiliência, arquitetura humanitária e incremental housing em favelas: o papel das universidades, dos(as) profissionais de arquitetura, da área social e das Marias & Marielles

2019   I   Rio de Janeiro, Brazil

Email: semi.risco.resil.arq.hum.favelas@gmail.com